(Notícias Instagram) REAJUSTE CONTRATUAL - Reajuste pode ser realizado após anos de inercia através
Voltar para o blog

(Notícias Instagram) REAJUSTE CONTRATUAL - Reajuste pode ser realizado após anos de inercia através

Ver essa foto no Instagram

SUPRESSIO. BOA-FÉ OBJETIVA. O LOCADOR NÃO PODE COBRAR OS REAJUSTES RETROATIVOS. Interessante matéria no Migalhas! A 3ª turma do STJ julgou nesta terça, 22, se, não tendo exercido o direito de reajustar os alugueis durante o período de cinco anos, conforme previa cláusula contratual expressa, pode o locador exigir os pagamentos de tais valores, inclusive de retroativos, após notificação. A Havan foi surpreendida com uma notificação extrajudicial em 2015 informando-a de uma dívida de R$ 360 mil de reajuste no aluguel de loja em shopping center de Maringá. Além da cobrança do valor retroativo, a empresa passaria a pagar o aluguel reajustado em 50%. O juízo de 1º grau acolheu a ação da empresa por concluir que a cobrança seria indevida; o TJ/PR concordou de forma unânime que não seria possível a cobrança retroativa, mas, por maioria, seria possível a cobrança do reajuste nas parcelas vincendas. A Havan entende que há, no caso, a supressio, sendo indevida tanto a cobrança dos R$ 360 mil quanto as prestações futuras reajustadas. reajustadas. O relator, ministro Ricardo Cueva, explicou inicialmente que a supressio decorre do não exercício de determinado direito de seu titular no curso da relação contratual, gerando para a outra parte, a legítima expectativa de que não mais se mostrava sujeita ao cumprimento da obrigação. Na hipótese, S. Exa. entendeu que "destoa da realidade supor que o locatário tivesse criado a expectativa de que o locador não fosse mais reclamar o aumento dos alugueis e, por esse motivo, o decurso do tempo não foi capaz de gerar a confiança de que o direito não seria mais exercitado em momento algum do contrato de locação". Para Cueva, viola a boa-fé objetiva impedir que o locador reajuste os alugueis por todo o período da relação contratual. "A solução que mais se coaduna com a boa-fé objetiva é permitir a atualização do valor do aluguel a partir da notificação extrajudicial." A turma foi unânime em acompanhar o relator, mantendo a decisão do Tribunal a quo, ou seja, de que o locador não pode cobrar os reajustes retroativos, apenas fazer o reajuste nas parcelas futuras mesmo após inércia por longo período. Processo: REsp 1.803.278 #ocivilista

Uma publicação compartilhada por O Civilista (@o_civilista) em

Outros posts

  1. ‘Nada vai segurar o boom imobiliário’

    ‘Nada vai segurar o boom imobiliário’

    Sem surpresas negativas na economia em 2019, empresário espera um novo ciclo de crescimento para o setor Passada a fase mais dura da crise que derrubou a construção civil, um dos empresários mais emb...

  2. Preço do aluguel tem queda real pelo quarto ano seguido em 2018

    Preço do aluguel tem queda real pelo quarto ano seguido em 2018

    Pelo quarto ano seguido, o preço do aluguel de imóveis subiu abaixo da inflação em 2018, ou seja, teve queda real. No ano, o valor médio de locação acumulou alta de 2,33%, enquanto a inflação subiu...

  3. Nova lei impede que empresas cobrem por estimativa de consumo!

    Nova lei impede que empresas cobrem por estimativa de consumo!

    Nova lei impede que empresas cobrem por estimativa de consumo, cobranças retroativas e cobranças indevidas do conserto do medidor. Segue a lei:O Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro nos te...

Este site utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação.

Alvaro Pereira - Gestor Imobiliário

55 2197 160 9320 55 2135 792 480

Alvaro Pereira - Gestor Imobiliário

55 2197 160 9320